redes sociais como motores de buscaDesde 2010, o SEO de conteúdo passou a ser importante para o ranqueamento das páginas nos motores de busca.

Entretanto, com a popularização das redes sociais, estas passaram a funcionar como indexador dos mecanismos de buscas, estabelecendo uma relação estreita com o trabalho de SEO em seus perfis, principalmente os perfis corporativos.

As redes sociais se tornaram tão fundamentais nas estratégias de marketing que até ganharam uma categoria especial: o SMM ou Social Media Marketing.

O conteúdo ganhou um novo fôlego nas redes sociais

Atualmente é muito mais fácil ouvir alguém dizer que leu uma notícia no Facebook que em um portal exclusivo para isso, como nos sites oficiais dos jornais e revistas circulantes do país e do mundo.

Isso tem uma explicação: não há dúvidas que o Facebook hoje é a rede social mais utilizada no mundo todo. Só no Brasil o número de usuários passa dos 80 milhões.

Mark Zuckerberg e sua equipe trabalham intensamente com o intuito de tornar a rede social a plataforma mais completa do mundo. Sua pretensão é fazer do Facebook o centro de todas as coisas, inclusive do consumo de conteúdo. Ambicioso, não é mesmo?

Porém, é inegável que os usuários estão consumindo incessantemente o que encontram em suas timelines, resultado dos algoritmos das plataformas. Cada vez que o usuário faz uma busca, o algoritmo procura conteúdos semelhantes para entregar a ele.

Dessa forma, quando ele entra em seus perfis, suas timelines estão repletas de conteúdo que lhe agradam!

SEO, Redes Sociais e o Google

O que faz com que uma página tenha um bom posicionamento nos mecanismos de busca, principalmente no Google?

mídias sociais
Redes Sociais como Motores de Busca

Se você respondeu SEO, sua resposta está correta, porém incompleta e isso faz toda a diferença!

O Google, interessado em proporcionar a melhor experiência online que o usuário já viveu – afinal de contas ele também quer que esse usuário volte a utilizá-lo – ajustou o seu algoritmo para buscar relevância nos conteúdos das páginas que ranqueia.

Uma das maneiras de “mensurar” a relevância de uma página é pela quantidade de backlinks (links externos que direcionam o usuário àquela página específica) e menções que ela recebe.

Trocando em miúdos, se você entrega ao seu público-alvo exatamente o que ele está procurando, seu conteúdo será compartilhado e comentado de tal maneira que o Google entenderá que aquele é um conteúdo bom e relevante. Pronto! Você acabou de subir no ranqueamento, por isso falamos de Redes Sociais como Motores de Busca

Redes Sociais: você não está dispensando a atenção que elas exigem

perfil empresaria redes sociais

Se as pessoas estão consumindo mais conteúdo no Facebook que nos sites oficiais dos veículos de imprensa, então ter um perfil empresarial passou a ser fundamental para que sua marca seja vista.

Para que você possa compreender quão grande o papel das redes sociais é nessa equação, pense que só em fazer parte de uma rede social já é bastante favorável ao SEO. Explico.

A maioria dos consumidores, ao procurar por determinado serviço ou produto, procura primeiro nas redes sociais para só depois partir para o site oficial da empresa. Sem contar que é bem provável que ele vá realizar uma rápida pesquisa com seus contatos para saber se alguém conhece ou já usou tal serviço ou produto.

Por que isso acontece? Simplesmente porque os usuários passam boa parte de seu dia logados nas redes sociais.

Algumas redes sociais, como o Twitter e o Instagram, ainda possibilitam uma busca organizada por meio de hashtags, o que facilita ainda mais o trabalho do usuário. Além disso, pela própria hashtag, o usuário também pode realizar a pesquisa, porém de maneira mais abrangente.

Mas, afinal, Social Media Marketing vende?

Claro que sim! Mas é preciso saber usá-lo!

Como o próprio nome diz, a rede social é sobre relacionamentos e, portanto, para poder vender, você primeiro tem que construir um relacionamento com o seu cliente. Como? Criando o conteúdo que ele quer!

Essa estratégia, conhecida como 80/20, funciona da seguinte maneira: 80% concentrado na produção de conteúdo relevante e 20% vendendo o seu produto ou serviço.

As redes sociais já são parte da rotina dos usuários. O objetivo da existência dessas redes é se tornar o local em que o usuário pode se informar, educar, divertir, manter contato com amigos e familiares e, de quebra, comprar o que precisa.

As redes sociais são fontes inesgotáveis de possibilidades!

5.00 avg. rating (100% score) - 4 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *