montar um e-commerce de sucesso

O mercado digital é uma tendência que veio para ficar. O volume de vendas realizado pelos e-commerce deixa claro que este modelo de negócios pode ser uma opção bastante rentável.

Os números são expressivos: no ano de 2014, o setor faturou R$35.8 milhões, de acordo com o Relatório E-Bit WebShoppers 2015, e a tendência é que, até 2017, o e-commerce no Brasil cresça cerca de 10%. 

Para os empreendedores, esses números indicam que a oportunidade deve ser aproveitada. Sendo assim, se você deseja se lançar no mercado digital, você está no lugar certo.

Esse guia irá conduzi-lo ao caminho do sucesso desde a idealização até o sucesso de seu e-commerce.

  • Análise financeira e precificação de produto

O primeiro passo para iniciar qualquer empreendimento de sucesso é fazer uma análise financeira minuciosa e isso não é diferente com o e-commerce.

Para montar uma loja virtual é muito importante ter um planejamento bem elaborado, para saber o que será necessário para iniciar o seu negócio.

Este planejamento deve abranger 7 pilares que você deve atentar-se para não errar em gasto e começar com o pé esquerdo, arriscando o sucesso de seu e-commerce antes mesmo de lança-lo. Portanto, um plano de negócios pode ajudar muito neste momento.

  • Começando pelo começo, montar um e-commerce de sucesso

Para começar vamos falar um pouco sobre a formação de preços e entender um pouco sobre a Margem de Contribuição (MC).

Entende-se por MC a receita que sobra para pagar os custos fixos e conquistar o grande objetivo de qualquer comerciante: o lucro.

A fórmula é a seguinte:


MC = PV – (CV + DV)


Sendo:

MC = Margem de contribuição unitária;

PV = Preço de Venda unitário;

CV = Custo variável unitário ou Custo das Mercadorias Vendidas (CMV);

DV = Despesa variável unitária.

Para compreender como essa fórmula funciona, vamos a um exemplo de uma empresa fictícia que vende moletons pela internet:


  • O preço do moletom é R$100,00;
  • A loja virtual vendeu 90 moletons no mês;
  • O custo de cada moletom é de R$45,00;
  • Mais 10% de impostos;
  • Mais 5% de taxa de cartão de crédito e outras despesas.

OBS:Se você tem experiência em vendas, poderá usá-la para negociar taxas com as operadoras de cartão de crédito ou intermediários de pagamento.


Tomando como base os dados acima, vamos agora calcular a MC da empresa inteira, utilizando a fórmula MC = PV – (CV + DV). Acompanhe:


Receitas = R$100 x 90 = R$9.000

Custo Variável = R$45 x 90 = R$4.050

Despesas Variáveis = (R$100 x 90 x 0,1) + (R$100 x 90 x 0,05) = R$900 + 450 = R$1350,00

Portanto, a MC ficará desta forma:MC = R$9.000 – (R$4.050 + R$1,350) = R$3600,00


O índice da MC seria, então, de 40%. Isso quer dizer que a Margem de Contribuição representa 40% da receita gerada.

  • Ponto de equilíbrio

Outro indicador importante que deve ser avaliado é o índice conhecido como ponto de equilíbrio (PE).

Este índice mostra o quanto é necessário vender para que as receitas se igualem às despesas e custos, ou seja, o quanto é necessário vender para que não haja prejuízo ou lucro.

O ponto de equilíbrio da loja é calculado da seguinte maneira:


Ponto de Equilíbrio = (Custos Fixos / [Receita – Custos Variáveis]) x 100


Custos fixos são aqueles que não sofrem alteração de valor em caso de aumento ou diminuição da produção. Por exemplo: limpeza e conservação; aluguéis de salas ou equipamentos; salários de funcionários,entre outros.

No nosso caso da empresa fictícia que vende moletons pela internet, todas as despesas fixas somadas totalizam R$3.920,00. Sendo assim, nosso ponto de equilíbrio é de 79%. Veja abaixo:


Ponto de Equilíbrio = (3.920 / [9.000 – 4.050]) x 100 = PE = 79%


Para calcular o faturamento mensal do PE faça o seguinte calculo:

R$ 9.000,00 x 79% = R$ 7.127,21.

Isto significa que o valor deR$ 7.127,21é o valor mínimo que a empresa teria que vender no mês para não ter lucro e nem prejuízo, atingindo seu ponto de equilíbrio.

Com estes dois índices,Margem de Contribuição e Ponto de Equilíbrio,você já é capaz de determinar a saúde financeira de sua loja virtual.

Na Criação um e-commerce de sucesso ´é importante lembrar que quem define o preço de venda de um produto é o mercado, e não a sua loja. Se um concorrente oferecer um valor menor, você deve avaliar novamente seu lucro e analisar a viabilidade.

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *