O que é uma API é algo que todos os desenvolvedores devem conhecer, principalmente para utilizá-lo da melhor maneira. Essa sigla corresponde a “Application Programming Interface” que, em tradução livre, significa “Interface de Programação de Aplicações”.

O que é uma API

As API’s dizem respeito a um conjunto padrão que estão interligadas em uma mesma interface. E, através disso, os programadores têm maior facilidade de criar suas plataformas.

De maneira geral, uma API diz respeito ao uso de padrões para diversos desenvolvimentos. Grande parte dos programadores a utilizam para criar aplicativos, programas e outras plataformas.

O que é uma API?


Conhecer uma API é essencial, principalmente se você deseja utilizar as inúmeras vantagens desse padrão a seu favor. Ao passo que, esse modelo é fundamental para o bom funcionamento da web moderna.

Em geral, API diz respeito a um conjunto de rotinas e outros padrões que facilitam a troca de informações entre os sistemas. Mas antes de utilizá-la, é importante saber o que é uma API e descobrir todas suas vantagens.

Uma boa exemplificação de um modelo API é o Google Maps. O serviço utiliza a ferramenta para que outros produtos e serviços utilizem os seus mapas em suas atividades.

Além disso, outros softwares também possuem uma API. Por exemplo, os programadores a utilizam para a criação de novas janelas, manipulação de dados e outras funções correspondentes.

Qual é a função de uma API?

Função de uma API


Em primeiro lugar, a função de uma API é facilitar o projeto de criação dos desenvolvedores. Além de também contar com padrões para dar início a criação de novas plataformas.

Assim, quando os desenvolvedores utilizam uma API, não há necessidade de criar novos códigos para cada uma das funções de uma plataforma. E isso facilita a criação de novos softwares, assim como aplicativos e outras plataformas.

É importante frisar que essas não são as únicas funções ao compreender o que é uma API. Isso porque, elas também têm um papel fundamental para a segurança dos usuários. Como no caso de bloquear o acesso aos dados do software e hardware.

Como uma API funciona no mercado financeiro?


As API’s também são úteis ao mercado financeiro. Nessas situações, elas funcionam junto com um sistema conhecido como Open Banking.

A solução do Open Banking é super simples, prometendo mudar todo o cenário do mercado financeiro. De acordo com as informações dos usuários que estão disponibilizadas dentro das instituições. E essa só é uma possibilidade por conta da API.

Então, compreender o que é uma API, significa ter em mente que ele auxilia não só os desenvolvedores, como também pode mudar cenários e sistemas facilmente. Através do Open Banking, por exemplo, seria muito mais fácil migrar os dados de um cliente de um banco para outro.

Quais são as vantagens de utilizar a API?

vantagens de utilizar a API


Tenha em vista que uma API fornece uma série de benefícios. Inclusive, essa é a solução encontrada para uma série de problemas.

Claro que, mesmo possuindo inúmeras vantagens, algumas se destacam. São elas:

Segurança


Quando uma API está integrada em um sistema, a troca de informações será muito mais segura. Isso porque ela cria uma forma de “portão”, na qual somente um conjunto de dados será disponibilizado.

Assim acontece no sistema de um banco, que conta com diversas informações relevantes sobre os seus clientes. Da mesma forma, o uso de uma API torna possível consultar dados específicos sobre as contas, facilitando o processo de migração.

Além disso, ter acesso a certas informações pode ser de grande relevância para as instituições de crédito. Já que seria possível, além de mais fácil, realizar avaliações de risco.

Dessa maneira, o responsável por entregar toda a segurança e autoridade de uma API é o Gateway de API.

Monetização


Com a utilização de uma API em um sistema, se tornaria mais fácil a monetização por acesso. Isso porque, seria possível restringir o acesso às potencialidades de sua aplicação.

Assim, as API’s contam com um tipo de restrição que diz respeito aos acessos, conhecida como API’s Privadas.

Dessa maneira, uma informação será solicitada para o acesso dos dados. Isso faz com que o processo de monetização seja mais fácil. Tal qual ocorre em plataformas de streaming , como a Netflix, que disponibiliza conteúdos apenas aos assinantes.

Auditar acessos


Quando uma API é utilizada, perguntas do tipo: quem acessou, quando e onde, são facilmente respondidas. Mas isso pode variar, dependendo do modo que ela está sendo utilizada em seu sistema.

Se um Gateway de API está sendo utilizado, torna-se mais fácil visualizar com detalhes o fluxo de acessos que foram operados em uma plataforma, aplicativo ou outros.

Essa é uma grande potencialidade, principalmente para quem trabalha com uma loja virtual. Nesses casos, as empresas a utiliza para manipular dados que precisam de um alto nível de sigilo, como os dados bancários de um cliente.

Volume dos dados


Uma outra vantagem está no fato dela conseguir reduzir o volume dos dados. Como dito anteriormente: ela tem a capacidade de restringir acesso a determinados dados facilmente.

Nesse sentido, quando isso é colocado em prática, significa que a plataforma de operações passa por uma melhor otimização.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *