Não apenas as pessoas que buscam interação social estão na internet, mas também as empresas e empresários tem adentrado cada vez no universo do e-commerce, seguindo seus consumidores e seu público alvo, onde poderão interagir com estes e realizar negócios com eles.

O comércio online, ou e-commerce, quando bem realizado, pode ser uma excelente ferramenta para se alavancar não só as vendas, mas também a divulgação da marca, produto ou serviço. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em estudo realizado ao final de 2016, apontou para o crescimento do e-commerce em 12% em 2017 em relação ao ano anterior, crescimento correspondente a R$59,9 bilhões.

Vantagens do e-commerce

São inúmeras as vantagens de se promover o e-commerce, principalmente quando se nota que o seu desenvolvimento e crescimento são constantes, inclusive em épocas de crise econômica.

Primeiramente, não são exigidas grandes quantidades de dinheiro para se realizar o investimento inicial, até mesmo porque não há necessidade de que o negócio online também possua loja física, podendo se iniciar de diretamente na internet, e não apenas como complementação de um negócio físico já existente.

O e-commerce é importante na medida em que permite que pessoas cuja rotina não permite que se vá até a loja ou empreendimento para realizar compras e fechar negócios não sejam privadas de consumir e de adquirir produtos e serviços que desejem. Enquanto o funcionamento de lojas e comércios no geral possui horário limitado, o comércio online pode ocorrer em qualquer hora do dia, sendo muito mais democrático.

A isto se soma que ele também permite que pessoas com dificuldade de locomoção realizem negócios sem depender de terceiros ou de deslocamentos desnecessários.

Outra das vantagens do e-commerce é que seu desenvolvimento permite à marca não apenas manter os consumidores que já realizam negócio com ele, mas também atingir novos públicos e aumentar o leque de seu público-alvo.

Isto se dá não apenas pela divulgação da marca a outras pessoas por meio de técnicas para impulsionar o site ou página em rede social, mas também pelo fato de que o e-commerce permite que pessoas de diversos estados e países interajam com a marca e realizem negócios com ela.

A comunicação entre o público e a marca também é promovida pelo e-commerce, que as facilita por meio de ferramentas simples que permitem ao consumidor tirar dúvidas, além de ter acesso às opiniões de pessoas que já realizaram negócio com determinada empresa.

Ainda, é possível que se apliquem técnicas que se utilizam do próprio público para divulgação do produto, como em casos de promoções que exigem o compartilhamento de alguma imagem ligada à marca pelo consumidor.

Só é possível ter um e-commerce em formato de loja virtual?

Essa é uma dúvida bem comum por quem está em busca do seu espaço no mundo virtual. Muitas pessoas ainda acreditam que vendas online só podem ser realizadas quando se possui uma loja virtual, criada a partir de uma alguma plataforma, mas dependendo do seu modelo de negócio, você tem inúmeras possibilidades.

Uma das grandes vantagens do e-commerce é que não necessariamente as vendas precisam ser realizadas em loja virtual, você consegue realizar suas vendas no ambiente virtual de outras formas variadas, tais como:

  • MarketPlace
  • Instagram
  • Mercado Livre
  • Mídias Sociais

Essas são apenas das possibilidades que existem para quem busca formas alternativas para ter o seu espaço online. Marcas de roupas, acessórios, sapatos tendem a conseguir um espaço muito maior a partir de vendas a partir das mídias sociais, principalmente pelo Instagram, que tem crescido bastante em um número de e-commerces.

Desvantagens das vendas pela internet que podem ser evitadas

São poucos os pontos negativos as vendas online pela internet, sendo que eles podem ser evitados pela aplicação das dicas presentes no tópico abaixo.

Estas desvantagens estão ligadas à segurança de dados e à vulnerabilidade do site ante a não aplicação de medidas de segurança online, o que resulta na ameaça de divulgação de dados do consumidor e do próprio empreendimento. Outras desvantagens são concernentes a eventuais problemas gerados pelo próprio comércio ante à desorganização que não permite o cumprimento de prazos e qualidade do serviço.

Ainda, alguns tipos de negócios específicos não serem possíveis de realização na internet ante à própria natureza dos produtos (como a venda de remédios controlados). Entretanto, há cada vez maior desenvolvimento de tecnologias e até mesmo legislações que visam fomentar o e-commerce ante a importância dele e à facilitação trazida.

Dicas para um e-commerce

Primeiramente, é necessário que se invista na segurança do site, uma vez que pessoas depositarão ali importantes informações quando da realização de compras, como números de documentos, cartões de crédito e endereço. Assim, indica-se que se procure uma empresa especializada em segurança online, cuja presença do selo em sua página auxiliará na confiança do público para com a empresa.e-commerce

Quanto mais facilitado for o acesso e a interação do consumidor com seu negócio na internet, mais conversões será possível se observar. Uma das grandes reclamações dos internautas que consomem produtos e serviços na internet é a burocracia dos sites e grande número de informações e cliques necessários para se efetivar o negócio.

Indica-se que sejam realizados até no máximo três cliques para se concluir uma compra ou interação com a marca.

Importância da apresentação da marca

A apresentação da marca também é importante, de forma que o site deve ter uma imagem limpa (sem exagero de informações e imagens), o que também irá auxiliar no carregamento mais rápido da página, que idealmente deve ocorrer em até cinco segundos.

Ainda, é importante que o site esteja disponível em versões próprias para acesso por dispositivo móvel, pois a tela reduzida deste em relação aos computadores também gera especificidades de carregamento de página e do conteúdo que o móbile será capaz de apresentar.

O investimento em aplicativos, além de desenvolvimento de site, também é importante, pois facilita a interação do público que acessa à internet através de aparelhos móveis com a empresa.

Conteúdo visual

Ainda, é importante que a empresa escolha com cautela as imagens que estarão presentes no seu site ou rede social, dando especial atenção aos produtos. É importante que as fotos escolhidas permitam que o consumidor veja de maneira integral o produto oferecido, de preferência sendo utilizado por uma pessoa, o que auxilia no melhor entendimento quanto ao que está sendo oferecido.

É igualmente interessante que não se invista apenas em imagens fotográficas, mas também em filmagens do produto, mostrando todos os seus ângulos e especificidades.

Variedade de produtos

Também, caso o produto possua cores e modelos variados, é importante que o consumidor possa visualizar cada uma destas cores (que podem ter a tonalidade alterada quando da aplicação no material do produto) e modelos.

Por fim, a empresa deve se organizar em relação ao atendimento, estoque de produtos e envio deles para que seja garantida a satisfação do consumidor e o aumento de suas vendas. De nada adianta estar na internet e ao mesmo tempo oferecer serviços incompletos ou que não cumprem com o prometido, seja em relação ao produto ou ao prazo de envio.

Agora que você já conhece as vantagens do e-commerce, assim como as formas de evitar suas desvantagens, está pronto para promover vendas e negócios na internet, aumentando a base de seus consumidores e garantindo o sucesso de seu negócio.

5.00 avg. rating (100% score) - 3 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *