O e-commerce, ou seja, o comércio online, é uma das mais importantes ferramentas comerciais da atualidade. Isso porque a globalização e a popularização da internet criaram novas formas de relacionamento entre os consumidores e as empresas. Assim, é importante que prestadores de serviços e produtos entendam mais sobre site de vendas pela internet.

site de vendas

Isso é importante na medida em que alguns sites possuem ferramentas específicas e que auxiliam em muito nas vendas. Além disso, a popularidade deles e sua confiabilidade perante o público também influenciam no sucesso das operações comerciais on-line.

Conheça, abaixo, os melhores sites de venda pela internet para se investir, assim como quais são as principais qualidades de cada um deles.

Site de vendas pela internet

São diversas as plataformas de e-commerce que se destacam na web, já sendo conhecidas do público e cooptando cada vez mais usuários ante suas facilidades e efetividade.

O uso delas ao invés de plataformas como o Mercado Livre, E-Bay, Enjoei e OLX, por exemplo, mostra-se importante na medida em que sites como estes cobram taxas em cima da comercialização de produtos.

Isso, portanto, diminui o lucro do vendedor ou, ainda, o obriga a aumentar os preços para compensar sua fatia e, assim, atrai menos clientes. Confira, abaixo, a lista que preparamos com os principais sites para promover a venda on-line de produtos.

Wix

Essa é uma das plataformas mais conhecidas do mercado, ela é indicada principalmente para quem não possui experiência no desenvolvimento de páginas e conteúdos.

site de vendas

Aliás, essa é uma ótima vitrine de vendas, que oferece o uso de pagamentos dos compradores por PayPal, cartões de crédito e boletos bancários.

Tudo isso sem cobrar taxa sobre tais cobranças. Além disso, também comporta o uso de cupons de desconto.

Nuvemshop

Outro dos sites de vendas para internet mais conhecidos e utilizados é o da Nuvemshop que, por sua vez, é apontado como a plataforma líder da América Latina.

site de vendas

São diversas as vantagens por ela oferecidas, como a disponibilização de mais de layouts para o site. Ainda, permite organização de produtos e categorias de maneira massiva, com gerenciamento simplificado, e associação com o Google Analytics.

Outras associações dessas plataformas de vendas dizem respeito às redes sociais (Facebook e Instagram), empresas de envios (Correios, Mercado Envios, etc.) e pagamentos (PayPal, Mercado Pago, Pag Seguro, entre outros).

Por fim, permite também a utilização de diversas ferramentas de marketing.

WordPress Woocommerce

Por fim, destacamos o WordPress Woocommerce, plataforma de vendas pertencente ao WordPress. Este corresponde a uma ferramenta de edição e publicação de textos e conteúdos diversos, utilizado em larga escala no mundo todo.

Site em WordPress

Sua plataforma de vendas, assim, permite que ao blog ou site informativo sejam acopladas abas para vendas.

Assim, por exemplo, caso um influenciador digital pretenda lançar uma marca de produtos ou anunciar uma loja virtual com produtos diversos, poderá fazer essa página junto àquela em que produz conteúdo. Isso é possível, assim, pelo Woocommerce.

Conheça mais sobre o Woocommerce, um dos principais site de vendas pela internet

A plataforma de vendas do WordPress possui, dentre suas vantagens, o fato de que não exige grandes investimentos para seu desenvolvimento, de forma que possui um bom custo-benefício.

Woocommerce

Além disso, a plataforma sobre constantes atualizações e alterações para aumentar a satisfação do público e o número de serviços oferecidos. Contudo, essa inovação pode ser vista tanto como uma vantagem quanto desvantagem.

A vantagem reside no fato de que há garantia de um sistema com opções de atualizações e modernizações.

Já a desvantagem, por outro lado, se pauta no fato de que a grande maioria das inovações requer conhecimento em programação. Dessa forma, caso você não possua conhecimentos sobre programações de sites ou um setor interno de TI, isso pode acarretar em gastos adicionais.

Por fim, destaca-se que o WordPress e o Woocommerce apresentam, ambos, fácil navegação e uso, o que também constitui uma grande vantagem deles.

Site de vendas pela internet: SAAS, Código Aberto e Código Proprietário

Finalmente, é impossível falar de sites de vendas pela internet sem citar as licenças de software, que nada mais são do que os limites de modificação de funcionalidades e compartilhamento delas dentro de determinadas ferramentas.

Código Proprietário

Primeiramente, o software proprietário corresponde ao tipo que não permite modificações.

Aliás, ele também não permite sua redistribuição pelos usuários, com exceção das oportunidades em que o desenvolvedor, a empresa ou a instituição responsável pelo programa concedam o acesso ao código-fonte, pelo usuário e, assim, autorizem ações desse tipo, ou seja, modificações e compartilhamento.

Código Aberto

A transgressão das regras de um software proprietário, seja de site de vendas ou não, e tentativa forçada de compartilhamento de suas ferramentas ou modificações delas pode levar a processos judiciais. Estes, portanto, podem ser movidos pela empresa detentora do código-fonte dos programas em razão da violação dos direitos do produtor do programa.

Os softwares de código aberto, também são conhecidos como open Source. Esses correspondem, portanto, aos programas cujo acesso ao código-fonte é permitido ao usuário. Este, assim, pode promover alterações nas funcionalidades da ferramenta, com base na sua livre escolha e ação.

Apesar disso, contudo, os responsáveis pelo software podem estabelecer restrições de uso, ou seja, liberar o uso do código-fonte com objeções prévias quanto ao alcance desse uso e alterações.

SAAS

Por último, assim, destaca-se o modelo conhecido como SaaS. Essa é a sigla correspondente a “Software as a Service” e sua tradução do inglês para o português corresponde a “software como serviço”.

A grande diferença do SaaS em relação aos demais tipos de software é que ele oferece o programa como um serviço e não necessariamente como um produto. Assim, eles são acessíveis por meio da própria web, não havendo necessidade de instalação de programas, por exemplo.

Portanto, nesse último caso não há a aquisição do software e a compra de licenças para utilizá-lo, mas sim serviços que estarão disponíveis para seu uso.

Dessa maneira, a escolha de um site para vendas na internet deve levar em consideração a efetividade da ferramenta escolhida, mas, também, do software utilizado e das restrições de uso em razão das licenças.

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *