vender no Instagram

Vender no Instagram, embora seja simples, é uma tarefa que requer planejamento e foco.

Uma das redes sociais mais utilizadas ao redor do mundo, no Instagram os perfis comerciais podem utilizar uma série de funções que possibilitam maior alcance e facilidades para que os mais variados públicos alvos consigam visibilidade e aumento no número de vendas.

No entanto, não bastar publicar um punhado de fotos e esperar que vender no Instagram se torne algo corriqueiro. Como mencionado, é preciso planejar.

Isso significa que a criação de uma linha editorial que compreenda desde a escolha da palheta de cores das fotos que serão publicadas, uma fonte padrão, até a utilização das hashtags seja feita com cuidado e atenção.

Veja abaixo algumas dicas para que o perfil de sua marca no Instagram se destaque e suas vendas aumentem.

1.      Defina sua identidade visual

vender no InstagramVender no Instagram requer uma identidade visual marcante e que defina sua marca apenas com a imagem. As publicações devem ser capazes de serem reconhecidas onde quer que seu público alvo as veja.

Por esse motivo, faça uma pesquisa sobre as cores, logos, frames, filtros e outros aspectos que estarão sempre presentes em todas as suas postagens.

Defina um estilo e se atenha a ele.

2.      Escolha bem o seu nome de usuário

Se sua marca é conhecida, um simples @(nomedaempresa) basta. No entanto, se você vende um produto ou um serviço inusitado e que ainda não é conhecido, vale a pena caprichar no nome de usuário, escolhendo algo que intrigue as pessoas.

Pense que cada vez quer curtir ou comentar uma foto, as pessoas verão o seu nome de usuário e, muitas vezes, algo como @viagemgratis chama muito mais a atenção do que @nomedaempresa.

Seja criativo, mas não fuja do seu nicho. Evite nomes complicados e com caracteres especiais, do tipo: @_viajeagoramaisbarato.clique_aqui.

Seja objetivo, prático, simples e tenha sempre mais de uma opção de nomes.

3.      Para vender no Instagram separe seus perfis

vender no InstagramEssa dica é especial para profissionais liberais. Muitas vezes, advogados, fotógrafos, cabeleireiros, etc., entram na rede com um perfil pessoal e misturam fotos da família com fotos profissionais.

O ideal é que haja um perfil para cada coisa: um perfil pessoal para postar as fotos particulares e um perfil profissional para divulgar o trabalho.

Os perfis comerciais do Instagram possuem uma série de facilidades para que as empresas possam divulgar seus produtos. Com ele, é possível impulsionar publicações, colocar links no stories e acompanhar o progresso de sua conta.

4.      Seu perfil profissional deve ser público

Outro erro muito comum que empresas e profissionais liberais cometem é deixar seus perfis comerciais privados. Dessa forma, uma pessoa que quer conhecer o seu produto deve pedir autorização para ver suas fotos.

Isso dificulta o processo e você acaba perdendo muitas oportunidades de vendas por não deixar o seu perfil público. Quando alguém tiver interesse em seu produto, é capaz de lhe deixar um comentário ou começar a segui-lo para acompanhar suas postagens. Uma ótima maneira de se aproximar dos seguidores.

5.      Escolha bem suas hashtags

O máximo de hashtags permitidas por postagem é 30. Porém, o ideal é usar até, no máximo, 20 hashtags que tenham a ver com seu segmento. Inserir uma hashtag popular como #bomdia ou #amor só para chamar a atenção é uma estratégia sem retorno e que suja seu perfil.

O seguidor qualificado e que pode vir a comprar seu produto procura nos lugares certos.

 

 

 

 

5.00 avg. rating (100% score) - 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *